Alex Redano agradece a Polícia Militar por homenagem recebida

Alex Redano agradece a Polícia Militar por homenagem recebida

Parlamentar recebeu Medalha Forte Príncipe da Beira durante as comemorações dos 42 anos da corporação

O deputado Alex Redano (PRB) foi homenageado pela Policia Militar do estado de Rondônia, recebendo a mais importante outorga conferida pelo Comando da PM às personalidades que mais se destacam e prestam relevantes serviços à Polícia Militar. A medalha Forte Príncipe da Beira foi entregue pelo comandante geral, coronel Enedy Dias de Araújo.

A solenidade de entrega aconteceu no Teatro Estadual Palácio das Artes e reuniu dezenas de autoridades de todo estado, para comemorar os 42 anos de fundação da PM em Rondônia.

Redano já liberou vários recursos, via emenda parlamentar, específicos para área da segurança pública, em especial para investimentos na Polícia Militar.

O deputado afirma que, por ser um grande admirador da atividade diária desenvolvida por esses profissionais, se tornou um grande parceiro e incentivador para que a PM seja cada vez melhor.

Alex Redano se disse muito feliz com o reconhecimento concedido pela PM. “Para nós, é uma honra receber a mais alta comenda da Polícia Militar de Rondônia. Ser homenageado por uma instituição tão séria e importante, feita por homens e mulheres de bem e que trabalham dia e noite, incansavelmente, na defesa dos cidadãos é um privilégio que muito nos emociona e que nos motiva a trabalhar cada vez mais pelo nosso povo”, pontuou o parlamentar.

Ao finalizar Redano destacou que trabalhar lado a lado da Polícia Militar é garantir o cumprimento das leis aprovadas pela Assembleia Legislativa e, consequentemente, ajudar na melhoria da segurança pública de Rondônia.

Alex Redano solicita obras de recuperação em trecho da RO 257 e na Linha C50

Deputado Alex Redano retira projeto de pauta e vai aprofundar discussão

O parlamentar ressaltou em indicação as dificuldades sofridas pelos usuários das vias

O deputado Alex Redano (PRB) indicou ao Poder Executivo Estadual para que, através do Departamento de Estradas e Rodagens (DER) sejam realizadas obras para melhoramento na RO 257 perto de Ariquemes e também na Linha C50, em Monte Negro.

Em indicação, o parlamentar afirmou que as obras para a RO 257 levam em consideração que esta é a principal via de acesso entre os municípios de Ariquemes e Theobroma e salientou o grande fluxo de carros existente na área.

“Lá há um alto fluxo de veículos, onde parte dele corresponde ao escoamento do setor madeireiro, leiteiro, comercial e agropecuário. O trecho também é muito importante para os estudantes da região”.

Para a Linha C50, também conhecida como “Serra do Lenzo”, localizada na BR 421 sentido Massangana, o parlamentar pediu o rebaixamento e ressaltou as péssimas condições do trânsito e a dificuldade dos usuários da via para trafegar. “Existem várias reclamações devido aos buracos e avarias que são testemunhadas ao longo do trecho. Veículos muito baixos e até mesmo o tráfego de pedestres está comprometido”.

Projeto de Lei de Alex Redano impede realização de provas para concursos no sábado

Projeto de Lei de Alex Redano impede realização de provas para concursos no sábado

A antiga redação deixava lacunas quanto a fases seguintes de concursos e cursos de formações internas

O deputado Alex Redano (PRB) elaborou um Projeto de Lei Ordinária que altera a legislação vigente de provas para concursos e vestibulares impedindo que sejam realizadas provas aos sábados, dia resguardado por algumas religiões.

Segundo o parlamentar, esse é um problema que há muito foi observado, porém não houve mudança. “Queremos atender a uma necessidade há muito verificado por aqueles que guardam o sábado não contemplado com a lacuna da lei ordinária de 2006”.

Alex afirmou, em justificativa, que a lei em vigência não disciplinou as questões de cursos de formações internas promocionais no serviço público, bem como as fases seguintes de concursos, como nos casos das academias de polícia.

Com a alteração, a redação diz que “as provas de concursos públicos, cursos de formação de academia para ascensão de carreira e outros fins na administração pública e de exames vestibulares, promovidos por instituições públicas ou privados serão realizadas no período de domingo a sexta-feira, no horário compreendido entre 8h e 18h”.

Alex Redano cria premiação regional do “Aluno Nota Dez”

Alex Redano cria premiação regional do “Aluno Nota Dez”

A Casa de Leis derrubou o veto do governo do Estado e criou a premiação para os alunos de Rondônia

A Assembleia Legislativa aprovou na sessão da terça feira (31) um Projeto de Lei de autoria do deputado Alex Redano (PRB) que dispõe sobre a criação do prêmio regional do “Aluno Nota Dez” em Rondônia.

A redação já havia sido vetada pelo Poder Executivo Estadual, porém a ordem foi derrubada pela Casa de Leis, conseguindo aprovação para a criação da premiação. “O governo alegou que tinha que ser iniciativa do Executivo, porque demanda recursos estaduais, porém o meu projeto é só autorizativo”, afirmou.

Ainda segundo o parlamentar, com a decisão o Executivo fica facultado na questão das premiações, podendo usar também recursos provindos de emendas parlamentares. Em justificativa ao projeto, Alex afirma que o pedido é para atender reivindicações principalmente das comunidades estudantis da região do Vale do Jamari.

“No âmbito municipal, praticamente todos os municípios de maior porte já implantaram a premiação do ‘Aluno Nota Dez’, com maior ou menor premiação, inclusive homenagens simbólicas”, destacou.

Deputado Alex Redano realiza Audiência Pública para discutir PAF Jequitibá

Deputado Alex Redano realiza Audiência Pública para discutir PAF Jequitibá

Deputado Alex Redano comandou reunião para discutir problemas do assentamento e alterações em relação ao novo zoneamento de Rondônia

O deputado Alex Redano (PRB) promoveu uma Audiência Pública na manhã desta sexta-feira (6) para discutir a questão do Projeto de Assentamento Florestal (PAF) Jequitibá e também sobre os novos estudos de zoneamento que estão sendo feitos pelo governo do Estado.

O parlamentar expressou uma preocupação com o novo estudo, sendo feito por uma empresa contratada, através da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Ambiental (Sedam), para atualizar o zoneamento do Estado.

“A previsão é que até o final deste mês de outubro ou novembro comecem a fazer essas mudanças. Não haverá tempo hábil para discutir pormenores de todas as regiões, então viemos falar sobre a questão do PAF Jequitibá que já sofre com problemas de regularização”, afirmou Redano.

O parlamentar explicou que o PAF foi criado em 2007 com a intenção de remanejo florestal do cultivo de agricultura familiar. “Hoje temos dificuldades imensas e agricultores que dependem desse novo zoneamento e creio que, se formos deixar para discutir quando chegar o projeto (do zoneamento) na casa não haverá tempo para maiores alterações”.

Ele ressaltou a ausência do Ministério Público Federal e da empresa que ganhou a licitação para fazer o projeto de zoneamento.

O presidente da Assembleia Legislativa Maurão de Carvalho (PMDB) parabenizou Redano, pela iniciativa de realizar a audiência e pelo trabalho feito para ajudar os produtores de Rondônia. Segundo ele houveram diversas cobranças por parte da Casa de Leis, para a empresa citada entregar dados e levantamentos, porém nunca ocorre.

“Já cobrei umas 20 vezes e eles dizem que em 15 dias irão entregar e isso já há semanas. Eu queria que eles estivessem aqui e não abro mão de virem nem que seja ao gabinete, para dizer como está esse processo, porque precisamos regularizar o Jequitibá e muitas outras áreas”, afirmou Maurão.

O peemedebista disse que entende a luta dos populares e acredita que a situação do assentamento será resolvida.

O deputado Ribamar Araújo (PR) declarou seu apoio a causa reivindicada pelos moradores. “Minha posição de defesa do povo sempre contraria questões ambientais. O que seria do Estado de Rondônia se a floresta não tivesse dado lugar a agricultura e a pecuária? Hoje o Estado caminha solenemente para nossa industrialização, graças a isso”. Ele afirmou também que, caso não haja alteração, irá colocar uma emenda com os demais parlamentares, como fez com a população de Minas Novas, em Rio Pardo.

Francisco Sales, secretário adjunto da Sedam, afirmou que a questão do zoneamento é muito complexa por envolver muitas leis, decretos e acordos junto ao MP. De acordo com Sales, a autorização para regularização daquela área não irá avançar devido as questões ambientais. “Não esperem muita coisa, porque não vai avançar. O compromisso de reflorestamento das áreas afetadas será o caminho mais fácil, porque há um grande aumento no desmatamento tanto no PAF quanto em outras áreas invadidas. É uma caminhada longa e necessária“.

O juiz da Justiça Federal Dimis da Costa Braga ouviu os demais e afirmou, que a melhor solução para todas as partes seria uma reunião com os envolvidos para que haja uma alteração e regularização. “É preciso que haja boa vontade de todos os envolvidos para resolver a questão, pois temos de um lado o impedimento da coisa julgada “.

O superintendente do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra), Cletho Muniz de Brito, informou que a instituição nunca passou por um período de tantas dificuldades, quanto hoje. Segundo ele, o erro do PAF foi da superintendência do Incra à época da criação do assentamento, mas afirmou que a questão poderá ser resolvida se for possível a alteração no zoneamento da área.

“Nós somos culpados, mas não pela criação do PAF. Temos que achar uma solução, pois está escrito na lei que, com a mudança de zoneamento agora, a próxima será realizada apenas daqui a dez anos. Temos que reunir todas as autoridades, porque para mudar isso tem que ser de forma coletiva”, argumentou Brito.

Maurão de Carvalho falou, por fim, que houve uma afirmação sobre o projeto chegar na Casa de Leis sem a possibilidade de alteração. Ele deixou claro que, caso isso ocorra, não haverá uma aprovação. “São mais de R$ 20 milhões para a realização desse projeto. Eu falei para o secretário da Sedam, que se esse projeto chegar aqui dessa forma não haverá votação. Não iremos votar em um projeto que não possa ser alterado pela Casa Legislativa”.

Ele também convocou os representantes da empresa e demais envolvidos para seu gabinete, para que as questões sejam esclarecidas e outras reuniões sejam realizadas com o intuito de resolver os problemas do assentamento o mais rápido possível.

Alex Redano garante curso de Oratória para servidores de Monte Negro

Alex Redano denuncia cartel de funerárias da capital

Deputado reivindicou o curso que será ministrado na próxima semana a servidores municipais e também ao público

Atendendo solicitação do deputado Alex Redano (PRB), a Escola do Legislativo ministrará o curso de Oratória e Comunicação no Serviço Público aos servidores do município de Monte Negro. Com carga horária de 20 horas/aulas, o curso será realizado no período de 2 a 6 de Outubro.

O público alvo do curso é o servidor público do município, em especial funcionários da Câmara Municipal, prefeitura e seus dependentes. As vagas que sobrarem serão ofertadas a comunidade em geral.

Redano solicitou a Assembleia Legislativa à liberação do curso, atendendo pedido de lideranças de Monte Negro, que já tiveram acesso a cursos oferecidos pela Escola e sentiram a necessidade de ajudar no crescimento profissional dos servidores do município. “Temos a grande missão de valorizar a educação em todas as suas instâncias, e esse curso vai aprimorar o atendimento ao público, bem como a comunicação entre servidores e secretarias”, afirmou o deputado.

O parlamentar destacou o papel social da Escola do Legislativo em Rondônia e a missão de capacitar servidores do Legislativo, além de seus dependentes.

No conteúdo programático consta, acesso a noções básicas de comunicação, como se comportar, como se apresentar, dicas de como driblar o medo de falar em público, uso correto do microfone, dos recursos áudio visuais e a forma mais fácil de fazer o marketing pessoal.

Alex Redano enalteceu a capacitação do servidor como forma de investimento no próprio serviço público, uma vez que o retorno de melhoria no atendimento é garantido.

O servidor que deseja participar do curso deve comprovar vínculo com o órgão em que trabalha na hora da matrícula.

Alex Redano indica mutirão de cirurgias oftalmológicas em Cacoal

Alex Redano pede alteração na Lei de criação do Prêmio “Professor Nota Dez”

O projeto visa ajudar a população necessitada do tratamento e desafogar o sistema municipal

O deputado Alex Redano (PRB) indicou ao Poder Executivo Estadual a necessidade de, através da Secretaria de Estado da Saúde (Sesau) seja realizado um mutirão de cirurgias oftalmológicas em Cacoal.

Segundo o parlamentar, o projeto é de suma importância para o município. “Sabemos que em muitos lugares do nosso Estado não existe acesso para esse tipo de serviço e as pessoas daquela região estão necessitadas, logo se faz necessário com urgência um mutirão na região”.

De acordo com Redano, projeto visa levar a uma determinada localidade certa quantidade de profissionais da saúde de várias especializações ópticas, fazendo com que a população conte com uma ajuda a mais e desafogue o sistema municipal.

Alex Redano pede recuperação de trecho da RO 462 e asfalto no distrito de Rio Branco

Alex Redano pede recuperação de trecho da RO 462 e asfalto no distrito de Rio Branco

O trecho indicado pelo parlamentar liga o município de Buritis a Campo Novo de Rondônia

O deputado Alex Redano (PRB) indicou ao Poder Executivo Estadual para que, através do Departamento de Estradas e Rodagens (DER) seja asfaltado o distrito de Rio Branco, de Campo Novo de Rondônia e também a recuperação da RO 462 que liga Buritis ao mesmo município.

Segundo o parlamentar o pedido de asfaltamento no distrito tem o objetivo de reestruturar os trechos, principalmente no que diz respeito aos bueiros, que se encontram depreciados em função das chuvas e do uso diário.

Ao pedir a recuperação da RO 462, o deputado pede também a reforma das pontes, encascalhamento e recuperação dos bueiros ao longo da rodovia. Em justificativa ele diz que a ação irá atender a comunidade da região que sofre com a precariedade das estradas.

“Parte da população que depende dessa via constantemente reclamam do descaso do Poder Público e das péssimas condições, que se encontram as pontes e trechos intrafegáveis”, afirmou.

Alex Redano destaca preocupação com redução de grupamentos da PM em distrito de Campo Novo

Alex Redano destaca preocupação com redução de grupamentos da PM em distrito de Campo Novo

Parlamentar informou que garantia de policiamento foi motivo de comemoração nas comunidades que agora estaria preocupada com determinação do Comando Geral

O deputado Alex Redano (SD), em seu discurso na sessão desta terça-feira (19), na Assembleia Legislativa, ressaltou sua preocupação, após determinação do Comando Geral da Polícia Militar de Rondônia, que reduziu o número dos grupamentos que atendiam os distritos de Três Coqueiros e Rio Branco, ambos pertencentes ao município de Campo Novo.

O parlamentar explicou que este ano, a instalação de um grupamento da Polícia Militar em cada distrito foi motivo de festa e muita comemoração nas duas localidades. Porém, com a nova determinação, que reduziu em 50% o efetivo total, a situação se tornou preocupante.

“Agora apenas um grupamento atenderá os dois distritos. E sem contar que a agência do Sicoob, que teve sua inauguração muito comemorada também, só atende enquanto tem policiamento, causando o descontentamento da população”, frisou o deputado.

Alex Redano informou que em um primeiro contato com o governador Confúcio Moura (PMDB), o chefe do Executivo Estadual se demonstrou solícito em reverter a situação por entender a importância de se manter estratégia de ter policiamento suficiente na região.

“É uma região de fronteira com a Bolívia, área de muitos ilícitos, além dos altos índices de conflitos agrários. É imprescindível manter os grupamentos conforme já estava sendo feito, inclusive, isso foi resultado de ações nossas, que trabalhamos muito para levar mais segurança àquelas comunidades. Da mesma forma, a parceria que levou uma agência do Sicoob. Um banco não pode funcionar sem que haja garantia de policiamento na localidade”, concluiu o deputado.

Alex Redano tem aprovada alterações na Lei do professor e aluno nota 10

Deputado Alex Redano retira projeto de pauta e vai aprofundar discussão

Parlamentar também aprovou projeto regulamentando dias e horários na realização de provas de concursos e de formação

O deputado Alex Redano (PRB) teve aprovado o Projeto de Lei 687/17 que altera artigos da Lei 4.13/2017, que autoriza o Poder Executivo a criação do Prêmio Professor Nota Dez para os educadores do ensino fundamental e médio da rede estadual.

Segundo o parlamentar, o projeto tem origem nas reivindicações de toda a comunidade estudantil em especial os alunos da região do Vale do Jamari. No âmbito municipal, praticamente todos os municípios de maior porte já implantaram a premiação do “Aluno Nota Dez”, com maior ou menor premiação, e até homenagem simbólicas.

Redano esclarece que a matéria não cria gastos ao Executivo, tendo em vista que as emendas são em Lei já existente do Professor Nota Dez e é autorizativa na criação do prêmio do Aluno Nota Dez.

O projeto de lei aprovado também estabelece alguns critérios para julgamento e casos de empate e a premiação ficará a cargo de regulamentação da Secretaria de Estado da Educação.

Concursos

Alex Redano também aprovou o Projeto de Lei 632/17 no qual reza que as provas de concursos públicos, cursos de formação de academia para ascensão de carreira e outros fins na administração pública e de exames vestibulares, promovidos por instituições públicas ou privadas serão realizadas no período de domingo a sexta-feira, no horário compreendido entre 8 horas e 18 horas.