Biel é acusado de agredir a mulher, Duda Castro

A agressão teria ocorrido por conta de uma discussão entre o casal e o caso será julgado pela Corte Americana no dia 26 de abril

Biel, de 23 anos, é acusado de agressão física e psicológica a mulher, Duda Castro, de 26 anos. A notícia foi dada no programa Fofocalizando e confirmada pela assessoria da modelo a QUEM. Ela também divulgou uma foto na qual aparece com hematomas por todo o corpo.
Duda conta que se envolveu numa discussão com Biel no domingo de Páscoa, na casa que os dois dividiam em Los Angeles, nos Estados Unidos. Durante a briga, a modelo diz que desmaiou mas continuou apanhando também da irmã do cantor, Giovanna. Biel também teria sido agredido por Duda, levando 13 pontos na testa. Parte da briga foi registrada em vídeo e, nele, a modelo aparece jogando um copo de vidro. “Eu paguei tudo pra você, fiz tudo para você ficar aqui, fiz tudo, seu filho da p***”, grita a modelo durante a discussão, em inglês.
No fim, Duda acabou sendo presa e acusou de ter sido “um plano arquitetado por Biel”, junto com seus amigos, preocupado em não perder o Green Card. Segundo ela, a intenção do ex era registrar a confusão para que, logo depois, quando o casal se divorciasse, o cantor não perdesse seus benefícios de continuar nos Estados Unidos.
“Ele me conquistou aos poucos, mas veio morar comigo nos Estados Unidos no segundo mês de namoro, quando sua equipe sugeriu que ele sumisse, por conta de escândalos de assédio que ele viva no Brasil. Logo em seguida, me pediu em casamento para se legalizar nos EUA, fato assumido por ele no último mês do matrimônio. Sofri nos últimos 7 meses tudo quanto tipo de violência verbal, sexual e psicológica”, relatou Duda. “Ele me abandonou diversas vezes, me traiu, me afastou dos meus amigos, me manteve dormindo no chão de casa nos últimos meses e, muitas vezes, sem comida. Sofri muita humilhação. Me chamava de esposa e dizia para os outros que estávamos separados. Me prendia do lado de fora de casa, enquanto estava na balada com outras mulheres. Fui ao meu limite na Páscoa e acabei tento uma terrível briga com ele. Estou destruída e pesando 45 quilos. Só quero minha alegria de viver de volta”, desabafou ela, sobre os detalhes do relacionamento do casal.

Biel é condenado a pagar R$ 4.400 por injúria

Biel é condenado a pagar R$ 4.400 por injúria

O pagamento deve ser único e a instituição a ser beneficiada ainda será definida

O clima pesou para o cantor Biel. Envolvido em escândalos recentes, ele foi condenado nesta segunda (10) a pagar R$ 4.400 a uma instituição de caridade, após o processo de injúria movido pela jornalista Giulia Pereira. Segundo Ana Paula Cortez, advogada da jovem, Biel tem até 30 dias para fazer o depósito em conta judicial do Estado. O pagamento deve ser único e a instituição a ser beneficiada ainda será definida, segundo o EGO.

A advogada contou que, após a audiência com juiz, realizada no Juizado Especial Criminal (Jecrim), na região da Barra Funda, em São Paulo, Biel pediu para conversar com Giulia e pediu desculpas à jovem.

“Ela aceitou e disse que só esperava que ele tivesse aprendido a lidar com o ser humano e explicou que não era nada pessoal. Os dois conversaram ao nosso lado, sem nenhuma intervenção dos advogados. Zeramos esse assunto”, contou.

Ana Paula disse ainda que a jornalista se emocionou durante conversa com Biel. “Isso já era esperado… Ela só queria que ele aprendesse a tratar bem as pessoas”, afirmou.

Biel foi à audiência acompanhado do pai e do advogado. “O advogado dele disse acreditar que ele realmente tenha mudado e que ele tem um coração bom. Espero que tenha aprendido mesmo”, comentou Ana Paula.

O cantor foi acusado de assédio pela repórter Giulia Pereira, então funcionária do portal IG de fazer comentários considerados abusivos durante uma entrevista. Biel chegou a convidá-la para ir a um motel.

“Sou hetero, eu gosto de b*ceta”, diz cantor Biel ao assediar repórter do IG

Biel é condenado a pagar R$ 4.400 por injúria

Nesta segunda-feira (6), diversos veículos de comunicação vazaram trechos da entrevista em que o cantor Biel é acusado de cometer assédio sexual contra uma repórter.

Após os últimos acontecimentos e com o intuito de garantir a divulgação da ordem correta dos acontecimentos, o IG  disponibilizou, pela primeira vez, tais trechos dos três momentos da entrevista.

Trecho 1
Primeiramente, antes de conversar individualmente com Biel, a repórter acompanha a entrevista de outro profissional. Após mencionar ter quase a mesma idade do artista, ela ouve: “Se te pego, te quebro no meio”.

Trecho 2
Depois, a repórter e o artista vão para uma área destinada a gravações em vídeo. Sentados em um sofá, a pauta é o cantor comentar as frases mais comuns relacionadas a seu nome e que aparecem com mais frequência no Google. É nesse momento que Biel responde à questão sobre bissexualidade: “Por quê? Você quer que eu te mostre com atos e ações?”, rebate. Após elaborar melhor a resposta, ele conclui: “E eu sou heterossexual. Eu gosto é de boceta”.

Em outro momento do vídeo, o próprio artista entrega seu celular à repórter e solicita que ela atenda a uma ligação durante a entrevista. Após dizer a um amigo de Biel que “ele está concedendo uma entrevista e ligaria depois”, a repórter devolve o aparelho ao artista e é chamada por ele de “cuzona”.

Em seguida, Biel volta a pegar o aparelho e inicia uma conversa em vídeo (Snap) com o tal amigo, na qual define a repórter. “Mano, que ramelona essa mina, mas dá um desconto porque ela é gostosinha”, diz o cantor, na frente de todos os demais ouvintes.

Trecho 3
Por último, a repórter conclui a entrevista apenas em áudio. Ela questiona se ele costuma dar selinhos em fãs. “Sim, você quer que eu te dê um (selinho)?”. Ela responde: “Não, obrigada”.

Veja no vídeo abaixo:

Entenda o caso

Gabriel Araújo Marins Rodrigues, o cantor Biel, de 20 anos, foi denunciado por uma repórter do Portal iG (que pediu para não ser identificada) na 1ª Delegacia da Mulher de São Paulo por assédio sexual, ao chamar a jornalista de “gostosinha” e dizer que “a quebraria no meio” se mantivesse relações sexuais com a profissional. Segundo a delegada titular Giovanna Valenti, há fortes evidências de que a jovem de 21 anos tenha sido vítima do crime.

A investida de Biel ocorreu em maio deste ano, durante entrevista para divulgação do novo CD do artista, na capital paulista. O contato da repórter com o cantor se deu em dois momentos e foi testemunhado por outras pessoas que acompanhavam a conversa. O diálogo também foi gravado em áudio e video, material entregue à polícia como prova no processo de investigação.

A gravação em áudio registra Biel respondendo a diversas perguntas sobre o novo trabalho e sua vida pessoal. Acompanhando a entrevista de outro repórter, a jornalista do iG menciona ter quase a mesma idade do artista, que retruca: “Idade não significa nada. Se te pego, te quebro no meio”.

Já no registro em vídeo, o cantor deveria comentar as frases mais comuns relacionadas a seu nome e que aparecem com mais frequência no Google.

Na ocasião, a sentença mais buscada era a pergunta “Biel é bi?”. “Por quê? Você quer que eu te mostre com atos e ações?”, rebate o cantor na filmagem, deixando a repórter visivelmente constrangida. Após elaborar melhor a resposta, ele conclui: “E eu sou heterossexual. Eu gosto é de boceta”.

Risos são ouvidos ao fundo, enquanto uma pessoa que acompanha a filmagem justifica a atitude. “Ele está com sono.” Outro diz: “Relaxa, ele é assim mesmo”.

Outro lado

Intimado a depor, Biel compareceu à delegacia há poucos dias e já foi ouvido. O próximo passo da investigação é ouvir as testemunhas. Em seguida, o Ministério Público deve formalizar a denúncia à Justiça. De acordo com a delegada Giovanna Valenti, um caso como o sofrido pela repórter leva cerca de um ano para ser concluído.

Ao tomar conhecimento da denúncia, o presidente da Warner Music Brasil, Sergio Affonso, entrou em contato com o iG espontaneamente. O representante do cantor classificou o acontecimento como “lamentável” e “fora do contexto atual de lutas pelos direitos das mulheres”. Ele também se colocou à disposição da repórter para “qualquer coisa”.