Projeto que promove servidores a procuradores sem concurso tem tramitação interrompida em GO

Um projeto de lei estadual que promove advogados e gestores da área jurídica do Governo de Goiás em procuradores de autarquia, sem a realização de concurso público, está com tramitação suspensa após gerar polêmica. A proposta chegou a ser encaminhada para votação na Assembleia Legislativa (Alego), mas foi retirada da pauta a pedido do governador Marconi Perillo (PSDB) até que a legalidade da emenda, que foi questionada junto ao Supremo Tribunal Federal (STF), seja apreciada.