Estudante de medicina morre após parada cardíaca em academia no TO

Cynthia Nava Raposo estudava numa faculdade particular de Porto Nacional. Ela chegou a ser levada para o Hospital Regional da cidade, mas não resistiu

A estudante de medicina Cynthia Nava Raposo, de 24 anos, morreu na noite desta segunda-feira (22) após ter parada cardíaca numa academia em Porto Nacional. Ela estudava numa faculdade particular na cidade. O Corpo de Bombeiros foi chamado e prestou socorro, mas ela não resistiu.

Os Bombeiros informaram que foram chamados por volta das 21h30 e quando chegaram a academia, algumas pessoas já faziam os primeiros socorros na vítima. Os militares, então, fizeram massagens e levaram a jovem para o Hospital Regional de Porto Nacional. Eles informaram que utilizaram desfibrilador durante o todo o trajeto até a unidade, mas que Cynthia não recobrou a consciência.

As infomações são de que ela teve outra parada cardíaca no hospital. A equipe de profissionais fez outro procedimento de massagem cardíaca por cerca de 1 hora, mas não conseguiu reanimá-la.

O ITPAC de Porto Nacional informou que Cynthia era natural de Imperatriz (MA) e estava no 11º período. Restava apenas mais um semestre para ela concluir o curso. A universidade lamentou a morte da estudante. Nas redes sociais, ela publicou um ensaio fotográfico feito com a família para celebrar a reta final.

Cynthia Nava estava no penúltimo período de medicina (Foto: Reprodução/TV Anhanguera)

Aluno de 12 anos morre após ser atingido por trave de gol em GO

O garoto foi socorrido pelo Samu e levado ao Hospital Municipal, mas não resistiu à gravidade das lesões e morreu

Um estudante de 12 anos morreu após ser atingido na cabeça pela trave de um gol, em um ginásio de esportes de Porangatu, no norte de Goiás, nesta quinta-feira (17/5). Murillo Henrique dos Santos Martins iria participar de uma competição com colegas da Escola Municipal Luiz Alves Pereira.

Segundo a secretária de Educação e Cultura do município, Januária Sirqueira Abreu Dias, a unidade de ensino não dispõe de uma quadra esportiva própria, e fica perto do chamado Ginásio Velho. Os alunos foram ao local a pé, acompanhados dos professores e do diretor da escola. Algumas crianças, porém, correram na frente. Murillo Henrique teria entrado na quadra e pulado na trave.

“Foi uma fatalidade, um acidente dentro de um período de aula, de um contexto escolar”, afirmou a secretária à reportagem. Ela explicou que as traves do gol do ginásio não são fixas e ficam presas por uma corda, que provavelmente tenha se arrebentado ou soltado. “A trave caiu bem em cima da cabecinha dele”, lamentou a gestora.

O garoto foi socorrido pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e levado ao Hospital Municipal de Porangatu. Por causa de seu estado de saúde, Murillo Henrique foi encaminhado de ambulância ao Hospital Estadual de Urgências da Região Noroeste de Goiânia Governador Otávio Lage de Siqueira (Hugol), na capital do estado. Ele ficou internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) pediátrica, mas não resistiu à gravidade das lesões e morreu.

“Estamos prestando todo o apoio à família e às crianças que chegaram antes (no ginásio) e presenciaram o acidente”, declarou Januária. Segundo a secretária, os estudantes estão recebendo atendimento psicológico.

A prefeitura de Porangatu lamentou, em nota, a morte do estudante. “Não temos palavras para expressar os nossos sentimentos, pedimos a Deus que conforte os familiares e amigos neste momento de dor; que a luz e o amor divino pairem sobre quem sofre essa imensurável perda”, diz o texto.

Já a Escola Municipal Luiz Alves Pereira decretou luto e informou que o velório do garoto estava previsto para a noite desta quinta-feira, no Memorial Pax Aliança.

Fonte: metropoles

Brasileiro de 19 anos é morto a facadas em universidade nos EUA

Um suspeito flagrado por câmeras de segurança foi preso na madrugada dessa segunda-feira (16/4)

Um estudante brasileiro foi morto no domingo (15/4) na universidade de Binghamton, situada em Nova York, nos Estados Unidos. Um suspeito flagrado por câmeras de segurança foi preso na madrugada dessa segunda-feira (16). As informações foram divulgadas pelo jornal Folha de São Paulo.

De acordo com a reportagem, João Souza estava no primeiro ano do curso de engenharia. O jovem foi atingido por facadas em seu dormitório aproximadamente às 22h30 (horário local), segundo informações da universidade.

O aluno foi socorrido e levado para um hospital da região, mas não resistiu aos ferimentos. Conforme informações da instituição de ensino, a polícia suspeitava de que João Souza era alvo de criminosos, mas não chegou a dizer as motivações do assassinato.

Fonte: metropoles

Estudante de psicologia é preso ao tentar estuprar colega de apartamento, no RJ

A Polícia Civil prendeu em flagrante um estudante de psicologia por tentativa de estupro contra uma jovem que alugava um quarto em seu apartamento, no Parque da Cidade, na Gávea, na Zona Sul do Rio. A prisão aconteceu nesta segunda-feira.

De acordo com o delegado Bruno Reis, o rapaz entrou no quarto da vítima sem autorização durante a madrugada e tentou forçá-la a ter relações sexuais com ele. O homem agarrou o pescoço da jovem e colocou uma meia na boca dela para abafar os gritos. A vítima reagiu com um golpe na genitália do agressor e fugiu pulando a janela de uma altura de três metros. Ela fraturou os dois pés na queda.

Moradores da região prestaram socorro à vítima, levando-a ao Hospital Miguel Couto, na Gávea. O rapaz fugiu do local, mas se entregou na sede da 14ª DP (Leblon), após policiais realizarem buscas por ele. O agressor foi autuado em flagrante. A Polícia Civil segue em busca de possíveis outras vítimas do rapaz.

Fonte: extra.globo

Estudante de MT que se apresentava como médico é preso no RJ

No final da noite de terça-feira, dia 7, por volta das 23h30min, no km 318 da Rodovia Presidente Dutra, um casal foi preso pela Polícia Rodoviária Federal.

Segundo as informações, o rapaz preso trabalhava em uma unidade do hospital de Santo Antônio de Leverger, mas era apenas estudante de Medicina. Identificado como S.F.R.F, o suspeito foi abordado pela PRF que constatou adulteração na placa do veículo que conduzia, um revólver, munições e grande quantia de dinheiro no automóvel.

Ao ser abordado, foi verificado que o mesmo estava sendo conduzido por um homem de 28 anos, acompanhado de sua esposa, uma mulher de 31.

Os agentes estavam na rodovia em fiscalização de rotina referente à Operação Égide, quando tiveram atenção voltada para um veículo Ford Ranger, de placas aparentes OBQ-8781.

Ao iniciar a fiscalização, os PRFs observaram que a placa do veículo estava adulterada com fita isolante de cor preta, sendo a placa verdadeira OBQ-6781, o que elevou a suspeita dos policiais.

Em busca minuciosa no veículo, foram encontrados um certificado emitido pelo CRM-RJ de especialidade em clínica médica para condutor do veículo, além de inúmeros carimbos com diversos nomes e números de CRM; papéis para atestado médico; formulários para receituário controlado, amostras grátis de medicamentos e outros documentos de hospitais municipais do Estado do Mato Grosso.

Segundo a PRF, ao entrar em contato com um dos hospitais, a equipe médica confirmou que lá trabalhava um médico com o nome informado.
Contudo, após ser questionado, o estudante confessou que ainda estava se graduando no curso de Medicina, e que, portanto, o certificado era falso. Junto com o suspeito estava uma mulher, identificada como sua esposa.

Ambos foram detidos e conduzidos, sem lesões, juntamente com todos os pertences, para a 99ª Delegacia de Polícia de Itatiaia(RJ).

Fonte: 24horasnews

Universitário morre após cair em máquina para preparar ração, em campus da UFG

O estudante de medicina veterinária Lucas Silva Mariano, de 21 anos, morreu neste sábado (24) após cair em uma máquina para preparação de ração de gado, na Universidade Federal de Goiás. Testemunhas contaram que ele estava em cima de um trator em uma atividade do curso quando o acidente aconteceu.

O universitário estava acompanhado de um amigo em uma das atividades práticas do curso. Ainda não há informações de como o estudante caiu na máquina, que é movida por um trator e processa a ração que é jogada no coxo para os animais.

A Universidade Federal de Goiás informou, em nota, que lamenta a morte do aluno e que, junto com a direção do curso, vai dar todo o apoio às investigações.

Os bombeiros foram acionados e usaram equipamentos para serrar a máquina para conseguir retirar o corpo do estudante da máquina.

Fonte: g1/go

Após ser solto, estudante de medicina volta a ser preso por armazenar pornografia infantil

O estudante de medicina de 27 anos investigado por armazenar pornografia infantil foi preso preventivamente nesta quinta-feira (21) em Porto Alegre. Ele havia sido preso em flagrante na última terça-feira (19) durante cumprimento de mandado de busca e apreensão após denúncia. Na ocasião, pagou fiança estipulada em R$ 20 mil e passou a responder em liberdade.

A investigação e a perícia no material apreendido, porém, culminaram com a prisão preventiva, agora sem direito à fiança.

Conforme explica a delegada Laura Rodrigues Lopes, responsável pela investigação, foram encontradas provas suficientes da participação nos crimes. Para fazer o pedido à Justiça, ela reuniu o laudo preliminar da perícia e ainda documentos obtidos por autoridades de São Paulo, de onde partiu a denúncia.

O estudante foi preso em casa, no bairro Rio Branco, na capital gaúcha. Ele responderá pelos crimes de “adquirir, possuir ou armazenar fotografia com cena de sexo explícito ou pornográfica envolvendo criança ou adolescente” e “aliciar, assediar, instigar ou constranger criança com o fim de com ela praticar ato libidinoso”, previstas no Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA). Somadas, as penas podem chegar a 7 anos de prisão.

“Havia um risco maior porque ele tinha contato com público”, salienta a delegada.

Na decisão judicial, o juiz determinou a devolução dos R$ 20 mil pagos pelo estudante como fiança, que já foi entregue, segundo o Ministério Público.

Na terça-feira, o estudante do 7º semestre de medicina foi preso enquanto trabalhava no plantão em um hospital de Porto Alegre. Os agentes foram primeiro até a casa dele para cumprir o mandado de busca e apreensão, mas ele não estava. Se dirigiram, então, até o local de trabalho.

Conforme os investigadores, ele aceitou voltar para casa. No local foram encontrados mais de 12 mil fotografias de crianças e adolescentes em situação de pornografia, de acordo com o Ministério Público. As imagens estavam no computador dele. Por isso, ele recebeu voz de prisão.

De acordo com o promotor da Infância e Juventude do MP, Julio Almeida, as investigações realizadas apontaram que o estudante usava a rede (de internet) da faculdade onde estudava para trocar arquivos e fazer contato com uma das vítimas. O estudante também realizava trabalho voluntário junto a crianças e adolescentes.

“Aprofundamos as investigações e chegamos ao perfil da pessoa, chegamos a elementos importantes da vinculação do investigado com a sexualidade. E pelo trabalho voluntário que ele realizava com crianças e adolescentes, e logo se soube que se tratava de um estudante de medicina”, afirmou Almeida, dizendo que a Justiça autorizou a quebra de sigilo de todas as mídias do investigado.

Investigação começou há cinco meses

A investigação começou há cinco meses, em São Paulo, quando o pai de um menino de 10 anos percebeu que o filho trocava mensagens de conteúdo sexual com outra pessoa. A Polícia Civil de São Paulo descobriu então um perfil falso. Os dialógos foram rastreados, o que fez a polícia chegar à identidade do suspeito, repassando as informações para a o MP.

Conforme a diretora do Departamento de Polícia para Crianças e Adolescentes (Deca), Adriana Regina Costa, o caso serve como alerta para os pais.

“Ele [estudante] se utilizava da internet para ter contato com a vítima, por isso a divulgação serve como prevenção e alerta para os pais com os filhos na internet”, salientou.

Fonte: g1.com

Estudante de medicina é preso por pedofilia no RS

Um estudante do sétimo ano de Medicina foi preso por pedofilia enquanto fazia plantão em um hospital em Porto Alegre. A ação policial ocorreu na manhã desta terça-feira (19/9), e contou com a participação de agentes do Ministério Público do Rio Grande do Sul.

O suspeito, de 27 anos, foi detido em flagrante e conduzido para o Departamento da Criança e do Adolescente da Polícia Civil (Deca).

No apartamento do estudante, localizado na região central de Porto Alegre, foi apreendido um computador contendo mais de seis mil fotografias de crianças e adolescentes em situação de pornografia. Celular e outros equipamentos também foram recolhidos para perícia.

De acordo com o Ministério Público do RS (MP-RS), a investigação começou há cerca de duas semanas, no estado de São Paulo, depois que o pai de um menino de 10 anos encontrou no computador da criança uma troca de conversas entre o filho e um homem.

Registros das conversas foram encaminhados para a Polícia Civil de São Paulo que descobriu um perfil falso e, na sequência, chegou à identidade do estudante, encaminhando o caso ao MP.

Fonte: metropoles.com

Estudante sul-africana recebe repasse de US$ 1 milhão por engano

Estudante sul-africana recebe repasse de US$ 1 milhão por engano

Uma estudante universitária sul-africana teve que interromper sua ostentação com festas, roupas e compras quando foi descoberto que um milhão de dólares tinham sido depositados em sua conta por erro. A empresa que repassa o financiamento estudantil transferiu, acidentalmente, 14 milhões de rands para a conta da jovem, em vez dos 1.400 rands (cerca de 107 dólares) de apoio à alimentação que ela deveria receber.

A Universidade Walter Sisulu, na região do Cabo Oriental, disse que o erro foi cometido em junho, no pagamento mensal de empréstimos estudantis emitidos pelo Estado. “O erro só foi descoberto na segunda-feira, depois que o problema foi relatado a nós por um outro aluno”, disse a porta-voz da universidade, Yonela Tukwayo.
Tukwayo explicou que a aluna, cuja identidade foi preservada, já tinha gastado cerca de 800 mil rands (mais de 61 mil dólares) do montante. “Ela é responsável pela parcela que tinha gastado, faz parte do nosso acordo com alunos que pegam empréstimos”, contou Tukwayo. O resto do dinheiro excedente foi recuperado da conta da estudante, enquanto a universidade apura como o erro aconteceu.  A mídia local relatou que a estudante usou parte do valor para comprar roupas caras, um smartphone e gastar em festas.
Os fundos do Regime Nacional de Ajuda Financeira para Estudantes da África do Sul, que financia estudantes de origens menos abastadas, costuma lutar para atender às demandas por empréstimos de estudantes. Estudantes sul-africanos participaram de inúmeros protestos nos últimos dois anos exigindo educação universitária gratuita.
Fonte: correiobraziliense

Aluno de 16 anos esfaqueia diretor da escola e câmeras flagram tudo; veja

Um aluno de 16 anos esfaqueou na noite de terça-feira (6), o diretor da Escola Estadual Antônio Fernandes, em Naviraí, a 350 quilômetros de Campo Grande (MS). Uma câmera de segurança gravou o momento em que o educador é ferido. Ele teve o pulmão perfurado, mas não corre risco de vida, segundo os médicos. O adolescente fugiu e não foi encontrado pela polícia.

As imagens divulgadas pela Polícia Civil mostram o momento em que o diretor, que também dá aula na escola, chama a atenção do estudante, que estaria fumando maconha dentro do colégio. Eles conversam por alguns instantes e logo depois o educador se afasta.

O estudante vai atrás do diretor e dá duas facadas nas costas dele. O professor cai, logo se levanta e consegue se afastar. O adolescente pula o muro da escola e foge.

O diretor foi socorrido e levado para um hospital do município. Segundo informações da unidade de saúde, o educador teve o pulmão perfurado, passou por cirurgia, está em observação, porém, não corre risco de vida.

De acordo com o delegado de Polícia Civil Claudinei Galinaris, responsável pelo caso, os policiais foram à casa do adolescente, mas não o encontraram. A polícia espera que o estudante se apresente na delegacia nesta quarta-feira (7).