Líder neonazista se declara gay, revela ser judeu e abandona movimento no Reino Unido

Líder neonazista se declara gay, revela ser judeu e abandona movimento no Reino Unido

On : --

Um líder neonazista inglês anunciou sua saída do movimento supremacista branco na mesma entrevista na qual revela ser gay e ter descendência judaica. Kevin Wilshaw, ativo até o início deste ano em eventos de grupos extremistas e uma das personalidades mais conhecidas nos anos 1980 da Frente Nacional Britânica (FNB), partido de extrema direita cuja filiação é permitida apenas para brancos, fez as revelações à rede de TV britânica Channel 4.

Anúncios