Espanha emite mandado de prisão para presidente destituído da Catalunha

Espanha emite mandado de prisão para presidente destituído da Catalunha

On : --

Um juiz espanhol emitiu uma busca internacional e um mandado de prisão para Carles Puigdemont, presidente regional catalão deposto, que saiu da Espanha no final de outubro.

Anúncios
Catalunha desafia Espanha e declara independência

Catalunha desafia Espanha e declara independência

On : --

BARCELONA – O governador catalão, Carles Puigdemont, anunciou em uma sessão do Parlamento nesta terça-feira, 10, a independência da região, em desafio à Espanha, mas pediu negociações com o governo central. Durante seu pronunciamento, o líder suspendeu o efeito da própria declaração para possibilitar diálogo com Madri. “Assumo o mandato do povo da Catalunha para que seja um Estado independente. (…) Peço ao Parlamento que suspenda a declaração de independência para iniciar um diálogo nas próximas semanas”, declarou o líder catalão. “Nosso governo não se distanciará da democracia.” A separação é considerada ilegal pelo governo espanhol.

Governo espanhol dá ultimato contra independência da Catalunha

Governo espanhol dá ultimato contra independência da Catalunha

On : --

O governo da Espanha espanhol pediu nesta terça-feira ao presidente regional catalão, Carles Puigdemont, que não declare a independência da Catalunha, na pior crise política do país em décadas. “Quero pedir ao senhor Puigdemont que não faça nada irreversível, que não siga nenhum caminho sem volta, que não realize nenhuma declaração unilateral de independência, que volte à legalidade”, disse à imprensa o porta-voz do governo espanhol, Íñigo Méndez de Vigo.

Catalunha poderá declarar a independência este fim de semana

Catalunha poderá declarar a independência este fim de semana

On : --

O presidente catalão, Carles Puigdemont, afirmou que poderá declarar a independência da Catalunha no fim desta semana ou no início da próxima. As declarações foram feitas à inglesa BBC, ontem (3), pouco antes de o Rei Filipe VI fazer um pronunciamento pela televisão a toda a população da Espanha, em que considera que o governo catalão agiu com “deslealdade inadmissível”.