Caminhão que causou acidente que matou juíza em SP era 16 cm mais alto que o permitido, aponta IC

O caminhão que bateu contra um viaduto na Avenida do Estado, no Centro de São Paulo, neste domingo (19) é 16 centímetros mais alto que o permitido, informaram peritos do Instituto de Criminalística (IC) à Polícia Civil. Com a colisão, pedaços de concreto caíram e atingiram o carro da juíza Adriana Nolasco da Silva, que sofreu traumatismo craniano e morreu nesta segunda-feira (20).