Rafinha Bastos consegue aval do Ministério da Cultura para captar R$ 3 milhões para série

Rafinha Bastos consegue aval do Ministério da Cultura para captar R$ 3 milhões para série

‘Eu, Ela e um Milhão de Seguidores’ foi descrito para a Ancine como ‘obra videofonográfica seriada de ficção’.

O humorista Rafinha Bastos obteve aval do Ministério da Cultura para captar 3,1 milhões de reais para a série Eu, Ela e um Milhão de Seguidores. Rafinha, que no momento divulga outra série, a Chamado Central, cuja segunda temporada estreia agora no canal pago Multishow, tem até 2020 para captar o valor aprovado. Não há previsão para o início das filmagens.

O novo projeto, inscrito pela produtora do próprio Rafinha, é descrito como “obra videofonográfica seriada de ficção” em proposta enviada à Ancine (Agência Nacional do Cinema). Recentemente, o humorista também lançou Internet – O Filme, um longa em que contracena com youtubers. Na produção da Paris Filmes dirigida por Filippo Capuzzi Lapietra, ele também assina o roteiro.

Confira abaixo um teaser da segunda temporada de Chamado Central:

Fonte: veja.com

Wagner Moura rebate boato sobre ter xingado Sérgio Moro: ‘Absurdo’

Wagner Moura rebate boato sobre ter xingado Sérgio Moro: 'Absurdo'

“Wagner Moura recusa interpretar Moro em série. ‘Não interpreto mau-caráter’, disse o ator que concorre ao Emmy pelo papel de Pablo Escobar”, dizia a frase que circulava na web

Um boato envolvendo Wagner Moura e a série da Netflix sobre a operação Lava Jato ganhou força na internet na última terça-feira (18), irritando o ator.

Segundo o jornal “O Globo”, o astro de “Narcos” teria recusado um convite de José Padilha para interpretar o juiz Sergio Moro na série, que o diretor está produzindo para 2017.

Mas quem colocou mais lenha na fogueira foi o humorista Rafinha Bastos, que fez uma piada em seu Twitter atribuindo uma frase ao artista. “Wagner Moura recusa interpretar Moro em série. ‘Não interpreto mau-caráter’, disse o ator que concorre ao Emmy pelo papel de Pablo Escobar”.

A publicação do humorista teve mais de 4.000 retuítes e acabou repercutindo em outras redes sociais como se fosse verdadeira.

twiter-rafinha-bastos

“Nunca disse essa frase absurda. Qualquer bobagem, dita por qualquer um, viraliza na internet e é imediatamente assumida como verdade sem que ninguém se preocupe em saber a fonte da informação. Que momento triste”, lamentou Moura em entrevista ao “F5”.

Ele diz que nem sequer chegou a ser convidado para a série. Ao “Globo”, José Padilha também negou tê-lo cotado para o papel. A dupla fez parcerias bem-sucedidas em “Tropa de Elite” e “Narcos”.

Anunciada em abril pela Netflix, a série pretende “narrar a operação policial e mostrar detalhes sobre o maior esquema de corrupção já visto no Brasil”, nas palavras do diretor. Com informações da Folhapress.

Rafinha Bastos revela que já fumou maconha e ficou ‘loucão’

Rafinha Bastos revela que já fumou maconha e ficou 'loucão'

O comediante comentou que a experiência aconteceu há três meses

O humorista Rafinha Bastos revelou em entrevista durante o último ‘Programa Raul Gil’, no SBT, que já experimentou maconha e a substância o deixou ‘completamente louco por 11 dias’.

O comediante comentou que a experiência aconteceu há três meses. “Eu vou contar uma coisa para você e isso é muito verdade: eu experimentei maconha faz três meses. Foi a primeira vez que fumei maconha em minha vida. E fiquei 11 dias completamente louco”, disse.

Questionado sobre a polêmica entrevista com o deputado Jair Bolsonaro, quando, na ocasião, Rafinha contou ter fumado maconha “a minha vida inteira e não fui para outras drogas”, ele se defendeu alegando que estava apenas fazendo uma provocação.

“Aquilo ali foi uma provocação, claro, eu não sou consumidor de maconha, mas não tenho absolutamente nada contra maconha, que pode ser considerada medicinal em alguns casos”, avaliou.

Sobre as brigas com Danilo Gentili e Otávio Mesquita, o ex-apresentador da Band contou que Danilo Gentili teve mais tempo para “amadurecer” o “Agora é Tarde” do que ele. “Eu acho que ele [Danilo Gentili] fez um trabalho melhor, ele teve mais tempo de amadurecer o programa e permaneceu por três anos”.

Rafinha também comentou a discussão que teve com Otávio Mesquita, ao vivo, na Rádio Jovem Pan.“Eu não tenho nada contra o ‘seu’ Otávio Mesquita. Só que ele não aceita piadas com ele. Você zoa e o “seu” Otávio Mesquita fica puto. E aí sabe o que a gente faz? Zoa pelo resto da vida”, disparou.