Coluna – Tic-tac, tic-tac, tic-tac, tic-tac, tic-tac, preparem os habeas corpus

Coluna – Tic-tac, tic-tac, tic-tac, tic-tac, tic-tac, preparem os habeas corpus

On : --

E ainda, governo federal já deveria ter privatizado Eletrobrás e todas as outras “brás” Tic-tac Para o bom entendedor, basta um tic. Ainda essa semana a casinha de alguns vai cair. Quem tá devendo, pode começar a acordar cedo e ir disfarçar…

Anúncios
Temer convida Roberto Jefferson para definir novo ministro do Trabalho

Temer convida Roberto Jefferson para definir novo ministro do Trabalho

On : --

O presidente Michel Temer chegou por volta das 10h30 ao Palácio do Planalto depois de despachar nos últimos seis dias do Palácio do Jaburu, sua residência oficial. Por recomendação médica, ele precisou ficar em repouso e procurou cumprir uma agenda mais tranquila para poder se recuperar de uma cirurgia na uretra e de uma infecção urinária.

Filha de Roberto Jefferson, Cristiane Brasil será a nova ministra do trabalho

Filha de Roberto Jefferson, Cristiane Brasil será a nova ministra do trabalho

On : --

BRASÍLIA — O presidente Michel Temer indicou nesta quarta-feira a deputada Cristiane Brasil (PTB-RJ) para o Ministério do Trabalho. A informação foi anunciada pelo ex-deputado Roberto Jefferson, pai de Cristiane e presidente do PTB, após reunião com Temer, e confirmada pelo Palácio do Planalto. Cristiane pretendia disputar a reeleição em outubro, mas desistiu para assumir o ministério, e deve ficar na pasta até o fim do governo.

Nova ministra do trabalho já foi detida e é citada por Odebrecht e JBS

Nova ministra do trabalho já foi detida e é citada por Odebrecht e JBS

On : --

Escolhida pelo presidente Michel Temer (PMDB) para o Ministério do Trabalho, a deputada federal Cristiane Brasil (PTB-RJ) foi citada nas duas delações premiadas que sacudiram a política brasileira em 2017: a da Odebrecht e a da JBS. Executivos das empresas atribuíram a Cristiane, filha do ex-deputado federal Roberto Jefferson, cacique-mor do PTB e delator do mensalão, participação na negociação da suposta venda do apoio político do partido e o recebimento de dinheiro via caixa-dois nas eleições de 2014.