Acidente com ônibus, carreta e caminhonete deixa mortos e feridos na BR-116, em MG

Segundo as primeiras informações dos bombeiros, seis pessoas que estavam no ônibus morreram; veículo seguia de Itaobim para Belo Horizonte

Seis pessoas morreram em um acidente envolvendo uma caminhonete, um carreta e um ônibus na BR-116, próximo a Governador Valadares, na madrugada desta segunda-feira (23). Segundo as primeiras informações do Corpo de Bombeiros, 12 pessoas ficaram feridas e foram encaminhadas ao hospital de Valadares; ainda não há informações sobre o estado de saúde delas.

De acordo com a Polícia Rodoviária Federal, a caminhonete seguia sentido Valadares, invadiu a contramão e bateu de frente com a carreta, que seguia em direção a Teófilo Otoni. Com o impacto, o motorista da carreta perdeu o controle da direção e bateu no ônibus que estava atrás da caminhonete. O trânsito no local ficou totalmente interditado por cerca de quatro horas e já foi liberado. O acidente foi por volta da meia-noite.

Todos os mortos estavam no ônibus de turismo que havia sido fretado para levar um grupo de pessoas de Itaobim, no Vale do Jequitinhonha, para Belo Horizonte. A PRF informou que entre as vítimas estão duas idosas, de 76 e 75 anos, um estudante de 20 anos e um policial reformado, que não teve a idade divulgada. Os outros dois mortos ainda não foram identificados. Os corpos foram encaminhados para o Instituto Médico Legal de Valadares.

Os veículos foram removidos para o pátio credenciado. A carreta transportava tubos metálicos e o material ficou espalhado fora da pista.

G1/MG

Irmãos de 3 e 6 anos, filhos de pastor, morrem carbonizados após quarto pegar fogo

Incêndio ocorreu na madrugada deste sábado (21); Eles dormiam no quarto quando as chamas começaram e o pai não conseguiu salvá-las

Dois irmãos, de três e seis anos, morreram carbonizados em um incêndio em uma casa em Linhares, no Norte do Espírito Santo, na madrugada deste sábado (21). As chamas atingiram apenas o quarto das crianças. Quando os bombeiros chegaram ao local, os dois já estavam sem vida.

O pai, que é pastor, contou que assistiu a um filme com os filhos à noite e depois os colocou para dormir. Por volta das 2h, a babá eletrônica que monitorava as crianças no quarto começou a apitar e ele ouviu gritos dos filhos. O cômodo estava fechado por causa do ar-condicionado ligado.

Ele não conseguiu entrar no quarto e nem apagar as chamas, que já estavam muito altas. Vizinhos tentaram ajudar, mas também não conseguiram. Quando os bombeiros chegaram, constataram que as crianças já estavam mortas. O pai ficou em estado de choque e precisou ser levado para um hospital.

A mãe das crianças, que também é pastora, está em Teófilo Otoni, em Minas Gerais, com o filho mais novo do casal. Ela viajou para participar de um congresso.

Os corpos foram levados para o Serviço Médico Legal (SML) de Colatina. As causas do incêndio ainda não estão claras para os bombeiros e serão concluídas após perícia no local. Há a hipótese de curto-circuito.

Ônibus escolar despenca de estrada em montanha na Índia e deixa ao menos 27 mortos

Mais de 30 estudantes de uma escola particular estavam no veículo, todos com menos de 13 anos de idade. Entre os mortos estão 3 adultos, inclusive o motorista

Ao menos 24 crianças e 3 adultos morreram quando um ônibus escolar despencou de uma estrada em uma montanha no Estado indiano de Himachal Pradesh nesta segunda-feira (9), informou a polícia.

Santosh Patial, um policial sênior de Himachal Pradesh, disse que a polícia havia recuperado 27 corpos do local do acidente. O motorista estava entre os adultos mortos.

A tragédia ocorreu quando o ônibus escolar, que carregava mais de 30 crianças, desviou da estrada e caiu em um desfiladeiro.

O ônibus levava estudantes, todos menores de 13 anos, de uma escola privada na cidade de Nurpur, localizada a 300 quilômetros de Shimla, a capital do Estado.

“Nós identificamos todas as crianças e os pais foram informados sobre o desastre”, disse Ram Nath Singh, um agente policial que estava no lugar do acidente.

A Índia tem as estradas mais letais do mundo, com quase 150 mil pessoas mortas em acidentes em 2015, segundo os dados mais recentes do governo.

O primeiro-ministro Narendra Modi expressou sua angústia sobre a tragédia. “Minhas orações e solidariedade com aqueles que perderam seus entes próximos e queridos no acidente”, disse ele pelo Twitter.

Fonte: g1

Noivo morre em acidente de carro durante viagem para lua de mel

Victhor Lemos, de 26 anos, morreu em um trágico acidente de carro apenas um dia após se casar

Um dia após se casar, um homem acabou sofrendo um acidente de carro e morrendo ao viajar para a sua lua de mel, na Bahia. Victhor Lemos, de 26 anos, sofreu ferimentos graves ao colidir, de frente, com uma carreta carregada de eucalipto. O acidente aconteceu no último domingo (8), em Itabela, na Bahia, a cerca de 550 km ao sul de Salvador. Victhor acabou dormindo ao volante, invadiu a pista contrária e atingiu o caminhão.

Lemos, que havia se casado no último sábado, na cidade de Venécia, no Espírito Santo. trabalhava como segurança. Junto à sua esposa, Debora Alves, de 26 anos, iria passar a lua de mel em Porto Seguro, na Bahia. As informações são do UOL.

Segundo Edson Carvalho de Souza, primo de Victhor, o segurança dormiu no volante e acabou atravessando a pista, indo parar na contramão. O rapaz morreu no momento da colisão frontal com o caminhão, enquanto Débora sofreu ferimentos graves. O motorista da carreta não se feriu. “Ela teve de passar por alguns procedimentos cirúrgicos pelas fraturas que sofreu no braço esquerdo e na perna direita. Mas agora ela está bem e não corre risco de morte”, afirmou Souza ao UOL.

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) da Bahia informou que o acidente aconteceu às 13h40 deste domingo, na altura do quilômetro 756 da BR 101, no trecho entre Itabela e Itamaraju. O caso é investigado pela delegacia da PRF em Eunápolis, cidade próxima ao acidente.

O corpo de Victhor foi liberado pelo Instituto Médico Legal (IML) e já está em trânsito para Nova Venécia, local do velório.

Fonte: diariodepernambuco

Caso de menino encontrado morto no porta-malas do carro da namorada do pai choca a Espanha

Gabriel desapareceu quando saiu da casa da avó, onde passava férias, para ir à de outros parentes, a poucos metros de distância, em Las Hortichuelas, uma comunidade turística na cidade de Níjar

O desaparecimento de um menino de oito anos teve um final trágico e inesperado na Espanha.

O corpo de Gabriel Cruz, que sumiu no último dia 27 de fevereiro, foi encontrado pela polícia neste domingo no porta-malas do carro da namorada de seu pai, Ana Julia Quezada. A informação foi divulgada pelo ministro do Interior da Espanha, Juan Ignacio Zoido.

No momento de sua prisão, Quezada, que tem 43 anos e é da República Dominicana, gritou: “Não fui eu! Peguei o carro nessa manhã!”, relataram testemunhas que estavam perto do local.

Gabriel desapareceu quando saiu da casa da avó, onde passava férias, para ir à de outros parentes, a poucos metros de distância, em Las Hortichuelas, uma comunidade turística na cidade de Níjar. Desde então, o caso vinha sendo amplamente divulgado e mobilizou policiais, bombeiros e voluntários nas buscas.

A descoberta da morte e as circunstâncias em torno do caso causaram enorme comoção na Espanha. O premiê Mariano Rajoy lamentou o ocorrido por meio de sua conta no Twitter. “Compartilho com todos os espanhóis a dor pela perda de Gabriel. Descanse em paz”, escreveu.

Camiseta da desconfiança
Quezada foi parada pela polícia enquanto dirigia perto de La Puebla de Vícar, a 43 km de Níjar, cidade no sudeste do país onde Gabriel desapareceu.

A polícia estava investigando a mulher desde o dia 3 de março. Naquela data, ela informou às autoridades ter encontrado uma camiseta do garoto em um local onde já haviam sido feito buscas. A roupa estava limpa e seca, apesar de ter chovido nos dias anteriores, o que também gerou desconfiança.

Segundo a imprensa local, os investigadores jogaram uma isca para ver se a suspeita caía – e deu certo.

Eles lhe disseram que a polícia estava perto de encontrar o lugar onde estava o corpo de Gabriel. Ela então tratou de ir até o local remover o cadáver. Policiais à paisana a fotografaram tirando o corpo de uma vala, o envolvendo em uma manta e o colocando no porta-malas do carro.

Segundo o jornal espanhol El País, a autópsia concluiu que o menino foi estrangulado.

Pais de Gabriel estavam em campanha para tentar encontrar o menino

Novas suspeitas
Na investigação sobre Quezada, uma história do passado dela veio à tona e levantou a suspeita de que ela possa ter cometido um infanticídio em 1996, desta vez de sua própria filha.

A menina, que tinha 4 anos, morreu ao cair da varanda do apartamento. Na investigação feita à época, a polícia concluiu que havia sido um acidente. O caso agora foi reaberto.

Quezada e o pai de Gabriel, Ángel David Cruz, namoravam havia um ano e meio.

A prisão dela causou indignação, já que durante as buscas pelo menino ela deu entrevistas dizendo que seu desejo era que ele fosse encontrado são e salvo.

A suspeita chegou a contar que havia ensinado o menino a desconfiar de estranhos. “‘Se alguma vez você vir um desconhecido, corra, não fique parado’, foi o que eu e a avó dele lhe dissemos.”

Ela chegou a postar no Facebook uma foto de Gabriel com um pedido: “Por favor, por favor, devolvam nosso Gabrielillo”.

Ana Julia Quezada será também investigada pela morte da filha | Foto: Facebook

Primeiro suspeito
A primeira suspeita dos pais de Gabriel sobre quem poderia ter levado o menino recaíram sobre um homem acusado de assediar Patricia Ramirez, mãe do menino.

O suspeito de assédio era alvo de restrições judiciais para evitar que chegasse perto dela. O dispositivo eletrônico que ele usava para ser monitorado emitiu um alerta bem no dia do sumiço do menino.

O suspeito foi então detido para a investigação, mas logo foi descartada sua participação no desaparecimento do garoto.

Ángel David, pai de Gabriel, namorava Ana Julia Quezada havia um ano; agora, a polícia também investiga se ela pode ter matado a própria filha

Fonte: BBC

‘Escola sem armas é um ímã para más pessoas’, diz Trump

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, afirmou que uma “escola sem armas é um ímã para más pessoas”. A declaração foi feita em seu Twitter nesta quinta-feira (22).

Ele negou, no entanto, ter defendido que armas sejam dadas para todos professores mas insistiu que uma proposta para armar alguns docentes teria um efeito dissuasivo para evitar os tiroteios que atingem as escolas americanas com frequência.

O assunto sobre o qual o mandatário discorreu no Twitter foi inicialmente tema de um encontro entre Trump e sobreviventes de tiroteios em instituições de ensino na Casa Branca, na quarta-feira (21).

Na tarde de quarta-feira (14), Nikolas Cruz, de 19 anos, invadiu a Stoneman Douglas High School, em Parkland, com um rifle AR-15 e vários carregadores. Sozinho, ele matou 17 pessoas e acabou sendo presologo após a ação. O novo massacre levantou novamente a questão da importância no controle na venda de armas no país.

O presidente dos EUA, Donald Trump, ouve estudantes de escolas onde ocorreram massacres durante reunião na Casa Branca, na quarta-feira (21) (Foto: Reuters/Jonathan Ernst)

“Eu nunca disse dar armas para os professores como divulgaram redes de falsas notícias @CNN e @NBC. O que eu disse é que considerava a possibilidade de dar armas ocultas a professores com treinamento especial militar- somente os melhores. 20% dos professores, no máximo, estariam aptos”, afirmou em tuíte.

“Imediatamente poderiam reagir caso um doente selvagem chegue a escola com más intenções. Professores altamente treinados também servem para coibir covardes que fazem isso. [São] Muito mais ativos e custam muito menos do que os guardas. Uma escola sem armas é um imã para pessoas ruins. ATAQUES ACABARIAM!”, defendeu.

Na série de mensagens no Twitter, o presidente também reafirmou que pressionará para aumentar de 18 a 21 anos a idade mínima para a compra de uma arma. Ele também insistirá em um reforço das verificações de antecedentes criminais e verificações de saúde mental de potenciais compradores, segundo a France Presse.

Em um encontro com sobreviventes de massacres em escolas nesta quarta-feira (21), na Casa Branca, Trump prometeu que o país será “muito forte” em checagens de antecedentes e acompanhamento de saúde mental após o ataque a uma escola na Flórida.

Trump e seu vice-presidente, Mike Pence, receberam alunos, professores e parentes de vítimas da Marjory Stoneman Douglas, de Parkland, na Flórida, e também de Columbine, em 1999, e da Sandy Hook, em 2012.

Fonte: g1

Destroços de avião iraniano são encontrados em região montanhosa

Destroços do avião iraniano que caiu no domingo foram encontrados no Monte Dena, uma região montanhosa no centro do Irã. A aeronave carregava 65 pessoas a bordo e, segundo a imprensa local, não há sobreviventes.

O vice-governador da província de Kohgiluyeh e Boyer-Ahmad confirmou que os destroços foram encontrados perto da cidade de Dengezlu, no distrito de Semirom, na província de Isfahan, nesta segunda-feira.

O avião da companhia Aseman Airlines que saiu de Teerã desapareceu dos radares 50 minutos após decolar a caminho da cidade de Yasuj.

As buscas por destroços começaram na noite de domingo, mas tiveram de ser interrompidas por causa dos fortes ventos e da neve. Nesta segunda-feira helicópteros e equipes de resgate das Forças Armadas e da organização humanitária Crescente Vermelho, assim como voluntários locais, voltaram a procurar pistas do avião.

Segundo a imprensa estatal, as autoridades locais acreditam que ninguém sobreviveu ao acidente. Segundo a agência de notícias IRNA, a aeronave era um ATR-72 e carregava 59 passageiros, entre eles uma criança, dois pilotos, dois comissários de bordo e dois membros do pessoal de segurança.

Inicialmente, a imprensa local havia reportado um total de 66 pessoas a bordo do avião. O número, contudo, foi corrigido nesta segunda-feira.

O Irã conta com uma frota aérea obsoleta devido a anos de sanções internacionais. Na última década aconteceram vários acidentes graves. O último foi em agosto de 2014 em Teerã, no qual morreram 40 pessoas. Três anos antes, outro avião comercial caiu durante uma tempestade de neve no norte do país, o que provocou a morte de 77 pessoas.

Segundo as autoridades civis de aviação iraniana, o ATR-72 que caiu neste domingo tinha 25 anos de uso.

Fonte: veja

Avião com 66 pessoas a bordo cai no Irã. Não há informações sobre sobreviventes

Um avião operado pela Aseman Airlines, com 66 pessoas a bordo, caiu no sudoeste do Irã na manhã deste domingo (18), segundo a mídia iraniana.

A aeronave voava no trecho entre Teerã e a cidade de Yasuj e caiu na região montanhosa de Samirom, a cerca de 480 km da capital iraniana. Não há informações sobre sobreviventes.

Segundo a rede britânica BBC, o mau tempo teria impedido que um helicóptero de emergência chegasse ao local. Mas ainda não há informações sobre o que teria causado a queda do avião.

De acordo com as primeiras informações das agências Insa e Fars, atribuídas a Pirhosein Koolovand, chefe do serviço nacional de emergência, todos os serviços de socorro estão em alerta.

Com G1

Youtuber brasileira de 14 anos é atingida por tiro na cabeça; briga de trânsito pode ser motivação

Uma adolescente de 14 anos de Paranaguá, no Litoral do Estado, conhecida por ter um canal no Youtube, o IsaTopShow, foi baleada na cabeça nessa madrugada (14), em Pontal do Paraná. Isabelly Cristine Santos estava ao lado da mãe, dentro do carro da família, retornando para Paranaguá, quando foi atingida. As informações são da Rádio Ilha do Mel.

De acordo com a polícia, as duas tinham ido ao República Music Hall para que a jovem entrevistasse o MC Gusta, para o seu canal no YouTube. O crime aconteceu na PR-042, próximo ao Balneário de Shangrilá, por volta das 3 horas, no retorno das duas.

Assim que foi atingida, a mãe pediu socorro aos policiais militares que estavam em uma viatura. De maneira preliminar, a motivação do crime teria sido um desentendimento no trânsito. Ocupantes de um Citröen Xsara Picasso teriam efetuados os disparos de arma de fogo.

“A mãe dela contou que outro carro tirou o delas da pista, cortou a frente. Quando elas tentavam fazer o retorno, começaram a disparar do outro carro, que estava a mais ou menos 25 metros. Não sabemos se era motorista ou passageiro”, relata o advogado e amigo da família, André Tavares.

“Foram três tiros na direção da Isa e um deles acertou”, acrescenta.

Isabelly tinha 14 anos e foi atingida com um tiro na cabeça

A garota foi socorrida em um hospital de Pontal do Paraná e transferida para o Hospital Regional. No entanto, a família confirmou que Isabelly teve morte cerebral, há cerca de uma hora.

A polícia faz buscas para localizar os suspeitos e/ou o veículo utilizado. O caso já está sendo investigado pela equipe da Polícia Civil de Pontal do Paraná.

 

URGENTE: ATIRADOR INVADE ESCOLA NOS EUA, MATA 1 E DEIXA 7 FERIDOS

Um estudante de 15 anos invadiu uma escola no Kentucky e abriu fofgo contra os colegas, matando um e ferindo outros sete. O acusado está está sob custódia e será acusado de assassinato e tentativa de homicídio, disse o governador do Kentucky, Matt Bevin.

Autoridades dizem que sete pessoas foram levadas para hospitais. Darlene Lynn, da Administração de Emergência do Condado de Marshall, informa à CBS News que alguns dos feridos foram levados por helicóptero para tratamento médico. Quatro pacientes foram transportados por helicóptero médico para o Centro Médico da Universidade de Vanderbilt em Nashville, disse o porta-voz da LifeFlight, Jerry Jones, a WBSF da CBS Nashville. Suas idades e extensão de suas lesões eram desconhecidas.

Local do tiroteio

Quase 100 crianças saíram da escola secundária do condado de Marshall buscando segurança, disse Mitchell Garland, que correu para fora de seu negócio quando ouviu falar sobre o tiroteio.

“Eles estavam correndo e chorando e gritando”, disse Garland à Associated Press. “Eles eram apenas crianças correndo pela estrada. Eles estavam tentando sair daqui”.

Ruas estão fechadas

Uma meia dúzia de ambulâncias e numerosos carros policiais convergiram para a escola. Oficiais em uniforme preto carregando rifles de assalto também apareceram. As autoridades federais também responderam, e o governador Matt Bevin correu para fora do Capitólio para correr para a escola. Os pais deixaram seus carros em ambos os lados de uma estrada adjacente, tentando desesperadamente encontrar seus filhos.

Com informações da CBSNews