Temer pagou R$ 2 milhões a gráfica de cliente de Padilha

Entre 2014 e 2015, o comitê de campanha de Temer e a Fundação Ulysses Guimarães pagaram cerca de R$ 2,8 milhões a Noschang

O comitê de campanha de Michel Temer à Presidência da República em 2014 pagou quase R$ 2 milhões à Noschang Artes Gráficas, do empresário Paulo Noschang, em 2014. Noshang é um dos clientes do escritório de advocacia do ministro da Casa Civil, Eliseu Padilha. As informações são do portal UOL, em reportagem divulgada nesta quinta-feira (10).

A sede da empresa fica em Tramandaí, litoral do Rio Grande do Sul, onde Padilha foi prefeito entre 1989 e 1992. Segundo dados do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), o comitê de campanha de Temer remeteu 39 pagamentos à Noschang que somaram R$ 1.988.716,00. O valor corresponde a 66% do valor total recebido pela gráfica por serviços prestados a campanhas eleitorais ao longo de 2014.

Entre 2014 e 2015, o comitê de campanha de Temer e a Fundação Ulysses Guimarães pagaram cerca de R$ 2,8 milhões a Noschang. Na época, Padilha era deputado federal e atuava na coordenação nacional do PMDB nas eleições presidenciais. Empresas ligadas ao empresário também receberam R$ 851 mil da Fundação Ulysses Guimarães, ligada ao PMDB, e que foi presidida pelo atual ministro entre 2007 e 2015.

Anúncios
Painel Político, principal fonte de informações políticas de Rondônia. Com noticiário completo sobre economia, variedades e cultura.

Participe do debate. Deixe seu comentário