Teori autoriza abertura de inquérito contra Dilma, Lula e dois ex-ministros

PGR e Polícia Federal poderão conduzir investigações para apurar suposta obstrução da Justiça cometida por Dilma, Lula, Mercadante e Cardozo

O ministro Teori Zavascki, relator da Operação Lava Jato no Supremo Tribunal Federal (STF), autorizou a abertura do inquérito contra a presidente afastada, Dilma Rousseff, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e dois ex-ministros do governo da petista.

A informação foi adiantada pelo Estadão, com base em fontes que têm acesso à investigação. O caso é mantido sob extremo sigilo no STF.

O despacho do ministro foi assinado na segunda-feira (15) e autoriza a realização de diligências no caso.

A publicação recorda que, em junho, Teori encaminhou de volta ao procurador-geral da República, Rodrigo Janot, o pedido de investigação feito pelo Ministério Público. O ministro havia dito ao procurador-geral que tinha anulado a gravação em que Lula e Dilma conversavam sobre a entrega do termo de posse do petista como ministro da Casa Civil. A conversa entre os dois indica, segundo Janot, tentativa de obstrução de justiça.

A presidente afastada Dilma Rousseff, o ex-presidente Lula e também os ex-ministros Aloizio Mercadante e José Eduardo Cardozo, serão investigados pela PGR por suposta tentativa de atrapalhar as investigações da Lava Jato. O pedido de investigação foi encaminhado ao STF em maio.

A autorização de Teori permite que PGR e Polícia Federal (PF) conduzam investigações com objetivo de conseguir provas de que houve tentativa de obstruir a Lava Jato. Depois da fase de diligências, a PGR poderá pedir o arquivamento da investigação, caso julgue que não há indicativos concretos de crime, ou então oferecer uma denúncia ao STF, isto é, uma acusação formal.

Anúncios
Alan Alex é jornalista, editor do site e da coluna Painel Político. Natural de Porto Velho foi criador e editor do site Portal364, trabalhou na redação dos jornais Diário da Amazônia, Folha de Rondônia, revista Painel Político, foi assessor de imprensa, é roteirista, editor de conteúdo e relações públicas. Também atuou como repórter de TV e rádio. É filiado à ABRAJI.

Participe do debate. Deixe seu comentário