Travestis e mulher são presas suspeitas de aplicar golpes e assaltar em Copacabana

Trio gastou R$ 50 mil roubados em um fim de semana. Segundo a polícia, para os roubos, criminosos dopavam as vítimas.

Policiais da 12ª DP (Copacabana) prenderam duas travestis e uma garota de programa apontados como responsáveis por aplicar golpes na Zona Sul do Rio. De acordo com o delegado Gabriel Ferrando, o trio dopava as vítimas para assim roubá-las. O policial calcula que o lucro com o golpe chegava a R$ 50 mil por fim de semana. Os criminosos resgatavam o valor em contas bancárias e ainda faziam compras em lojas de luxo.

“É um golpe similar ao boa noite Cinderela. Só que no caso deste grupo, a vítima não ficava desacordada. A pessoa reparava o que acontecia mas não conseguia reagir”, contou o delegado Gabriel Ferrando.

As investigações que levaram à prisão do trio tiveram início com o registro de desaparecimento de uma das vítimas do grupo. Horas após o registro, a família foi à Delegacia de Copacabana com o familiar, ainda atordoado, que estava desaparecido.

“Os policiais iniciaram a investigação e descobriram os gastos e onde foram feitos. Isso possibilitou que chegássemos a outra vítima da quadrilha”, disse o delegado Ferrando.

A operação Antídoto foi deflagrada no último dia 16. Em apartamentos em Copacabana foram presos David Daniel Alves de Jesus, a Jéssica, de 19 anos; Alan Bruno da Silva Soares, a Bruna, de 30 anos; e Nathália Malafaia Pinheiro, de 28 anos. Segundo o delegado, uma das criminosas colaborou com as investigações e vai responder o inquérito em liberdade. A criminosa deu detalhes de como era feito o coquetel de remédios dado às vítimas e de como agia a quadrilha.

As investigações apontam que o golpe vinha sendo aplicado há, pelo menos, um ano, de acordo com o delegado. Ele comenta que é importante que as pessoas que foram vítimas desse grupo compareçam à delegacia para reconhecê-los.

Fonte: g1/rj

Anúncios
Painel Político, é um blog de notícias de Rondônia, com informações sobre política regional, nacional, economia, jurídico e variedades. Siga-nos nas redes sociais, visite-nos diariamente e fique sempre bem informado.

Participe do debate. Deixe seu comentário