Trump consegue ordem de restrição contra atriz pornô

O processo vencido pelo magnata no tribunal arbitral impede a atriz de falar sobre o relacionamento dos dois

WASHINGTON, 8 MAR (ANSA) – O advogado de defesa do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, obteve nesta quarta-feira (7) uma ordem de restrição contra a estrela pornô Stephanie Clifford, mais conhecida como Stormy Daniels, que alega ter tido um caso extraconjugal com o republicano. O processo vencido pelo magnata no tribunal arbitral impede a atriz de falar sobre o relacionamento dos dois. De acordo com a porta-voz da Casa Branca, Sarah Sanders, Trump já deixou bem claro que nenhuma alegação de Daniels é verdadeira. “Este caso já foi resolvido na arbitragem, e para qualquer coisa além disso eu encaminharia vocês ao conselho externo do presidente”, disse.

Na semana passada, um advogado do magnata apresentou a ordem de arbitragem contra a atriz pedindo uma medida cautelar para “proteger Trump”, de acordo com a ação de Daniels.

Segundo o advogado da atriz, Michael Avenatti, sua cliente recebeu ameaças de Michael Cohen, advogado de Trump, que recentemente revelou o pagamento de US$130 mil em troca do silêncio da atriz. Na ação civil, ela havia alegado que Trump não assinou o acordo na época e, portanto, ele não tem validade, já que “impunha diferentes condições e obrigações não apenas à Clifford, mas também ao magnata”, informou Avenatti.

Stormy Daniels veio a público anunciar que teve uma relação de quase um ano com o magnata. A história entre os dois gerou polêmica, tendo em vista que o suposto caso ocorrera 10 anos antes, quando ele já era casado com a primeira-dama, Melania Trump. (ANSA)

Fonte: istoé

Painel Político, é um blog de notícias de Rondônia, com informações sobre política regional, nacional, economia, jurídico e variedades. Siga-nos nas redes sociais, visite-nos diariamente e fique sempre bem informado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *