Vereador é suspeito de dar nota falsa em troca de sexo com menor em MT

A história só foi descoberta depois de a garota, de 13 anos, tentar utilizar os R$ 100 em um supermercado

Um caso polêmico vem envolvendo o vereador de Primavera do Leste (MT), Josafá Martins Barbosa (PP). Além da suspeita de ter mantido relações sexuais com uma menor de idade, de 13 anos, o político é acusado de entregar uma nota falsa de R$ 100 para a adolescente em troca de sexo. A história só foi descoberta depois de a garota tentar utilizar o dinheiro em um supermercado.

Apesar das acusações, Josafá, por meio da defesa, negou o estupro. Ele afirmou, nesta terça-feira (16), que deu o dinheiro à menina para ajudá-la com a filha, em depoimento à polícia. A assessoria da Câmara dos Vereadores de Primavera, órgão em que o parlamentar já foi presidente, ainda não foi notificada. No entanto, já adiantou que tomará as medidas necessárias.

De acordo com o G1, o delegado que investiga o caso, Bruno Morais, disse que o vereador não sabia que a nota era falsa. Ele ainda acrescentou que o inquérito já está sendo finalizado. O suspeito devera responder por uso de moeda falsa e estupro de vulnerável.

Anúncios
Painel Político, principal fonte de informações políticas de Rondônia. Com noticiário completo sobre economia, variedades e cultura.

Participe do debate. Deixe seu comentário