Vereadores de MT aprovam aumento de quase 200% em verba indenizatória

Projeto de autoria dos vereadores foi aprovado com 12 votos favoráveis

Os vereadores que tomaram posse em janeiro no município de Barra do Garças, a 516 km de Cuiabá, aprovaram um aumento de quase 200% no valor pago como verba indenizatória aos parlamentares. A proposta foi votada em sessão ordinária na segunda-feira (6). O reajuste foi aprovado com 12 votos favoráveis. Do total de 15 vereadores, apenas um foi contra o aumento. Um dos parlamentares faltou no dia da votação.

Com a aprovação do projeto, os parlamentares devem passar a receber R$ 4,8 mil de verba indenizatório. O valor é 182,3% a mais que montante pago atualmente, que é de R$ 1,7 mil. O projeto tem autoria dos próprios vereadores.

Na justificativa, eles alegam que o valor precisa ser reajustado tendo em vista “a atual realidade de mercado, devido ao crescimento da inflação que prejudica o poder de compra, já que os produtos sofrem reajustes constantes”.

Os parlamentares destacam ainda que o valor pago atualmente foi fixado há anos atrás e não foi corrigido corretamente. O dinheiro deve ser usado para ressarcimento de despesas dentro do município.

Ao todo, somando o salário de R$ 8 mil e a verba indenizatória, cada vereador deve receber cerca de R$ 12, 8 mil por mês.

A antiga composição da Câmara de Barra do Garças já havia apresentado um projeto para o reajuste da verba indenizatória ainda maior. O aumento também foi aprovado durante sessão, porém vetado pelo ex-prefeito Roberto Angêlo de Farias.

O novo projeto foi aprovado com aval do presidente da Câmara, Miguel Moreira (PDT). Ele foi reeleito e, à época, era um dos autores da projeto.  Para ele, o valor pago estava defasado desde o pleito anterior e precisava ser revisto. Moreira cumpre, atualmente, o sétimo mandato.

G1/MT

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *