Vídeo de gatinha recebendo tijoladas de adolescentes causa fúria na web; veja

Nem sempre gostamos ou queremos acreditar no que o ser humano é capaz. Principalmente quando envolve seres pequenos e indefesos. Demonstrações de raiva e violência nos causam repúdio, revolta e, principalmente, um desejo enorme de justiça. Esse é o caso do vídeo de gatinha sendo maltratada na Nova Zelândia que viralizou na internet.

Postado na página do Facebook Paw Justice, em tradução livre “Pata de Justiça”, o grupo de direito dos animais do país, o vídeo de gatinha sendo agredida causou revolta nos internautas e foi visto cerca de 220 mil vezes. “Nós não podemos nem começar a entender por que essa pequena alma foi apedrejada até a morte. O que diabos está acontecendo com a nossa juventude se eles podem fazer isso e rir “, diz o artigo postado pela página.

As imagens mostram uma garota atirando a gata na grama, enquanto outra a acerta com um pedaço de concreto. O animalzinho tenta correr e se proteger, mas não consegue e leva outra tijolada. Por fim, se esconde em um arbusto onde, aparentemente, morre.

Assista ao vídeo publicado pelo site de notícias MailOnline:

O vídeo foi gravado em Invercargill na Ilha do Sul.  Junto com a postagem, a página Paw Justice pediu para que os internautas ajudassem a identificar os agressores e assim foi feito. Após reconhecê-los, o caso foi encaminhado para a equipe de Invercargill Youth Services. Os acusados, que possuem entre 11 e 16 anos, serão entrevistados pela equipe e receberão as ações apropriadas.

O agente Chris Wakelin disse, em entrevista ao site NZ Herald,  que a equipe da polícia estava “enojada” pelo vídeo. “Nós também trabalhamos com o SPCA, Sociedade para a Prevenção da Crueldade aos Animais, para remover mais três gatinhos da casa de um dos infratores”, ressaltou.

Em meio às investigações o público não deixou de manifestar sua opinião e revolta diante do ocorrido. “Isso me deixa tão bravo que estou lutando por palavras… se fosse meu filho, eu ficaria devastada”, escreveu uma pessoa. Outra postou: “Eu simplesmente não posso lidar com o ato de violência nocivo contra um pobre e indefeso gatinho”.

O caso do vídeo de gatinha sendo apedrejada é só mais um, em meio a tantos cenários de descaso e maltrato aos animais. Diante de qualquer suspeita, não existe em ligar para a organização de Direito e Proteção aos Animais, ou qualquer instituição próxima que possa retirar o animalzinho da zona de risco. Todos somos responsáveis pelas vidas animais do planeta.

Anúncios
Alan Alex é jornalista, editor do site e da coluna Painel Político. Natural de Porto Velho foi criador e editor do site Portal364, trabalhou na redação dos jornais Diário da Amazônia, Folha de Rondônia, revista Painel Político, foi assessor de imprensa, é roteirista, editor de conteúdo e relações públicas. Também atuou como repórter de TV e rádio. É filiado à ABRAJI.

Participe do debate. Deixe seu comentário