Vídeos mostram agressões de marido a advogada que caiu do 4º andar de prédio; imagens fortes

Crime aconteceu em Guarapuava, em 22 de julho; marido está preso suspeito de feminicídio.

As imagens das câmeras de segurança do prédio de Luis Felipe Manvailer e Tatiane Spitzner mostram quando o suspeito agrediu a esposa. Tatiana caiu do quarto andar do prédio onde morava em Guarapuava, no Paraná. O marido afirma que ela mesma pulou, mas para a polícia ele a esganou e depois a atirou pela sacada. Luís Felipe foi preso e autuado por feminicídio.

As imagens registraram momentos antes da queda da advogada. O casal chega de carro, onde já começam as agressões – uma câmera na frente gravou os dois dentro do veículo. Tatiane foi retirada do carro, na garagem, também sendo agredida, segundo a polícia. A advogada entra correndo no elevador, tentando fugir do marido, de acordo com os investigadores. Ele a segue e há novas agressões no elevador.

Depois de agressão na garagem, advogada saiu correndo para tentar fugir do marido (Foto: Reprodução)

Depois da queda, a câmera registrou Luis Felipe descendo e subindo de novo pelo elevador – ele recolheu o corpo da advogada e a levou de volta para o apartamento, possivelmente já sem vida. Ele limpa o local. Depois, ele fugiu pela garagem, no carro da mulher. A Polícia Militar, acionada por vizinhos que ouviram parte da briga, chega no prédio, mas o suspeito vai embora por uma rua lateral.

Advogada entrou correndo no elevador em fuga, mas foi seguida (Foto: Reprodução)

Ao todo, quatorze vídeos das câmeras de segurança registram os dois na noite. O portal G1 divulgou parte dos vídeos. Atenção, as imagens são fortes:

[youtube https://www.youtube.com/watch?v=UUwVuACkmgE]

Fonte: correio24hs

Deixe um comentário